PNUMA alerta planeta sobre perda e desperdício de alimentos; consequências trazem fome, mudanças climáticas e poluição

3 weeks ago 0 4K Report
▶ Clique aqui para abrir o player de áudio. Sempre abrir.

O Dia Internacional de Conscientização sobre a Perda e o Desperdício de Alimentos é celebrado no mundo dia 29 de setembro, e para marcar a data, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) lançou o material Coalizão - Alimentos Nunca são Desperdício.

A Coalização está relacionando o desperdício de alimentos, a fome e a tripla crise planetária (mudanças climáticas, perda da natureza e poluição). A Organização alerta sobre a necessidade emergencial de esforços globais.

A PNUMA também está facilitando Grupos de Trabalho de Desperdício de Alimentos na África, Ásia Pacífico, América Latina, Caribe e Ásia Ocidental, apoiando 25 países na mediação de linhas de base e no desenvolvimento de estratégias nacionais de prevenção de desperdícios alimentares.

O Índice de Desperdício de Alimentos 2021 do Programa revelou uma enorme escala de desperdício no mundo. Em 2019, 931 milhões de toneladas de alimentos vendidos às famílias, varejistas, restaurantes e outros serviços alimentares foram desperdiçadas.

Estima-se que 17% dos alimentos disponíveis aos consumidores nos mercados, lares e restaurantes vão diretamente para o lixo - e 60% deste lixo está em casa.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), mostrou que cerca de 14% dos alimentos produzidos para consumo global são perdidos entre a colheita e o varejo, a cada ano.

"As perdas e desperdícios alimentares são responsáveis por até 10% das emissões de gases com efeito de estufa. Eles utilizam terras e recursos hídricos preciosos para, essencialmente, nada. Reduzir consideravelmente a perda e o desperdício de alimentos vai retardar as mudanças climáticas, proteger a natureza e aumentar a segurança alimentar - no momento em que precisamos desesperadamente que estas coisas aconteçam", ressaltou a diretora executiva do PNUMA, Inger Anderson.

"Todos nós temos um papel a desempenhar na redução do desperdício de alimentos em nossas próprias vidas e locais de trabalho", acrescentou a diretora.

Reduzir pela metade o desperdício global de alimentos até 2030, é uma das metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Uma ação global colaborativa para reduzir a perda de alimentos e o desperdício é essencial. Cerca de 811 milhões de pessoas foram afetadas pela fome em 2020, e 3 bilhões de pessoas são incapazes de pagar por uma dieta saudável.

Para mais informações acesse a página da ONU Brasil.

 

 

 

Smile Life

Show life that you have a thousand reasons to smile

Get in touch

© Copyright 2021 ELIB.TIPS - All rights reserved.