Como devo tratar uma picada de aranha? Quais os sintomas e mordidas perigosas?

Uma picada de aranha, seja qual for a espécie, deve ser tratada imediatamente, com os seguintes cuidados:

  • Lavar o local da picada com sabão neutro e água corrente;
  • Aplicar compressão fria para aliviar a dor;
  • Manter o membro elevado e
  • Procurar um atendimento de emergência.

Além disso, é fundamental procurar identificar a espécie da aranha e, se possível, levá-la junto com você para o atendimento, porque algumas espécies são mais perigosas e oferecem risco para a saúde do homem e outras são menos agressivas.

Portanto, procure capturar o animal para levar junto ao atendimento de urgência, ou pelo menos registrar com uma foto, ou vídeo, o que pode ajudar a equipe identificar qual é a espécie.

As aranhas marrom, a armadeira e a viúva-negra são as espécies mais perigosas e temidas. No caso de picada por uma dessas aranhas, pode ser indicado a administração do soro antiaracnídico ou antídotos específicos para o veneno da aranha identificada.

Os sintomas e caraterísticas da picada também podem ajudar na identificação da espécie, embora, a grande maioria dos sintomas sejam semelhantes.

Sintomas de uma picada de aranha

Os sintomas de uma picada de aranha são em geral:

  • Dor em queimação,
  • Vermelhidão,
  • Inchaço,
  • Sintomas inespecíficos: Febre, mal-estar, fraqueza, náuseas e vômitos.

No caso de picada por aranhas mais perigosas, pode haver ainda: formação de feridas grandes, com área de necrose e infecção; dor intensa, contrações musculares, falta de ar, crise convulsiva e até a morte.

As mordidas mais perigosas de aranha, são aquelas causadas pelas aranhas: marrom, aranha armadeira e viúva-negra.

1. Picada de aranha marrom

A picada de aranha marrom é uma das feridas mais complicadas. Inicialmente não causa dor ou a dor é discreta, mas com o passar das horas a dor aumenta e a ferida apresenta vermelhidão, bolhas, coceira, calor e inchaço importante.

A aranha tem a coloração amarronzada, não costuma ultrapassar 3 cm de diâmetro, com as pernas longas e finas. A sua teia é irregular, semelhante a um chumaço de algodão.

A toxina encontrada no veneno dessa espécie é capaz de se espalhar, atingindo grandes dimensões e causando a morte de células (necrose).

Se a ferida for muito extensa e sofrer necrose, é preciso realizar pequenos procedimentos cirúrgicos (debridamento), quase diariamente, para retirar a parte morta e assim evitar uma infecção na região.

Se houver sinal de infecção, como presença de pus e mau cheiro, além da limpeza cirúrgica, é preciso iniciar antibioticoterapia.

Ferida na palma da mão, já em processo de cicatrização, com crosta de necrose no centro, causada por uma picada de aranha marrom.2. Picada de aranha armadeira

A picada da aranha armadeira é uma das mais temidas, pois essa espécie possui um veneno potente contra o homem, que pode levar a morte. Felizmente já existe antídoto contra esse veneno.

A aranha tem um tamanho aproximado de 5 cm, com as pernas mais compridas, coloração amarronzada, aspecto peludo e faixas brancas ou pretas nas patas. Essa espécie tem uma curiosidade, que é a elevação das patas da frente, quando se sente ameaçada, daí a origem do seu nome (ela se "arma" para atacar).

A picada causa dor forte, desde o início, edema, vermelhidão e calor local. Sendo comum ainda, apresentar sintomas gerais como febre, dor de cabeça, náuseas, vômitos, mal-estar e queda da pressão.

Aranha armadeira, com as patas dianteiras levantadas, em sinal de ataque.3. Picada de viúva-negra

A picada da viúva-negra, é outra picada perigosa, devido ao veneno que possui.

A aranha é pequena, por volta de 2 cm, de coloração escura, com centro pintado em tom avermelhado.

A picada dessa espécie causa uma dor intensa, inchaço e vermelhidão, logo quando ocorre o acidente, ainda, sintomas sistêmicos de suor frio, contrações musculares, alterações na pressão e palpitação.

Viúva-negra. Aranha pequena, negra, como sinal característico de mancha vermelha no seu dorso.Fui picado por uma aranha, o que não posso fazer?

É importante também que você conheça as medidas que não ajudam e podem piorar a ferida e reação ao veneno das aranhas.

Se você sofrer uma picada de aranha, não amarre ou faça torniquete na região afetada

Além disso, não coloque qualquer substância no local da picada ou curativos para não aumentar o risco de infecções.

O consumo de bebidas alcoólicas ou qualquer outro líquido com o intuito de cortar o efeito do veneno, é contraindicado, pois não é eficaz contra o veneno e pode confundir e/ou mascarar os sinais de intoxicação pela picada.

Apenas lave a ferida, tente capturar o animal ou registrar em uma foto e procure um atendimento de emergência. Não perca tempo para evitar complicações.

Medidas para evitar uma picada de aranhas
  • Manter jardins e quintais limpos, manter a grama bem aparada;
  • Evitar o acúmulo de entulhos, lixo doméstico, material de construção nas proximidades das casas, inclusive terrenos baldios,
  • Usar luvas de raspa de couro ao mexer com folhas, lixo, palha ou lenha, ou quando trabalhar com material de construção,
  • Proteger frestas de janelas principalmente ao entardecer, em regiões com maior incidência de escorpiões e aranhas, pois é a hora mais comum de entrada desses animais nas residências,
  • Vedar ralos de pia, tanque e ralos de chão,
  • Sacudir e verificar as roupas e sapatos antes de usar,
  • Não pôr a mão em buracos na terra,
  • Colocar lixo em sacos plásticos, que devem ser mantidos fechados para evitar o aparecimento de baratas, moscas e outros insetos, alimentação predileta de aranhas e escorpiões,
  • Solicitar auxílio aos órgãos responsáveis em sua cidade, sempre que encontrar um desses animais na sua residência, para que sejam tomadas as medidas cabíveis.
Espécies de aranhas menos perigosas1. Picada de aranha de jardim

A aranha de jardim, também chamada aranha de grama ou aranha-lobo, é uma espécie pequena, com uma característica de carregar centenas de filhotes em seu dorso, e por vezes, apresenta faixas pretas, bem visíveis, nas suas patas.

Importante espécie para o biossistema, porque se alimenta de insetos e não é perigosa para o homem.

A sua picada causa dor leve a moderada, em queimação, vermelhidão e edema. Não é preciso tratamento específico. Os sintomas acabam se resolvendo espontaneamente em poucos dias.

Aranha de jardim. Coloração amarronzada, aspecto peludo, com desenho no dorso semelhante a uma seta e carregando centenas de filhotes no dorso, mais uma característica dessa espécie.2. Picada de aranha de pernas longas

A aranha de pernas longas também é uma aranha que não oferece grande risco para o homem. Costuma ser encontrada em ambientes úmidos dentro e fora de casa e se alimenta de insetos.

As suas pernas são quase 5 vezes maior do que o seu diâmetro, o que facilita a sua identificação.

A picada dessa espécie causa sintomas discretos de dor, vermelhidão e edema. Da mesma forma que a aranha de jardim, geralmente não precisa de tratamento e os sintomas desaparecem de maneira espontânea.

Aranha de pernas longas.3. Picada de aranha caranguejeira

As caranguejeiras são as espécies grandes, que atingem os maiores tamanhos, chegando a 28 cm de envergadura de pernas, de coloração amarronzada e aspecto peludo. Porém, não oferecem risco ao homem, porque não são venenosas.

Para a sua defesa, a aranha pode expelir pelos (cerdas), encontrados em toda a sua extensão, que causam grande irritabilidade na pele. Pessoas alérgicas podem desenvolver urticária, sendo preciso fazer uso de antialérgicos e corticoides, embora a irritabilidade possa desaparecer de maneira espontânea.

Aranha caranguejeira. Coloração escura com aspecto peludo.

Referências:

  • Anvisa (agência nacional de vigilância sanitária).
  • Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz).
  • Instituto Butantan.

Referências bibliográficas

More Questions From This User See All

Smile Life

Show life that you have a thousand reasons to smile

Get in touch

© Copyright 2020 ELIB.TIPS - All rights reserved.